Coronavírus: Itatiaia, no sul fluminense, põe barricadas nos acessos à cidade

Coronavírus: Itatiaia, no sul fluminense, põe barricadas nos acessos à cidade

A cidade de Itatiaia, que fica no sul fluminense, quase na divisa do estado do Rio de Janeiro com São Paulo, proibiu por decreto a entrada de veículos de cidadãos não residentes e está restringindo a entrada e saída mesmo de munícipes, por causa da pandemia de coronavírus.

Um decreto neste sentido foi editado na noite desta segunda-feira, 23, pelo prefeito Eduardo Guedes:

“Fica determinado o fechamento das entradas e saídas do município de Itatiaia, para o recebimento de veículos de turismo ou particular de cidadãos que não sejam moradores e não estejam enquadrados na hipótese do inciso IV do art. 2º do Decreto, com exceção dos serviços de transporte de cargas de abastecimento do comercio de alimentos e das industrias das região. A entrada e saída de moradores serão permitidas, desde que demonstrada à necessidade de deslocamento, para ir a farmácias ou unidades de saúde, supermercados, mercearias, padarias ou para o labor, desde que o estabelecimento não esteja proibido de funcionamento por qualquer ato normativo. No retorno, deverá o morador apresentar comprovante ou declaração competente, sob pena de vedação de novo deslocamento”.

No Facebook, o “superintendente de Cultura” de Itatiaia, Rafael Fioratto, manifestou-se assim sobre a medida:

“De início causa estranheza, mas acreditem, é o certo a ser feito. Ninguém vai deixar de ir e vir. O que estão tentando fazer é evitar a chegada de pessoas mal informadas que estavam vindo se resguardar em nossa cidade e com elas pode chegar o vírus”.

Em sua conta oficial também no Facebook, a prefeitura de Itatiaia postou fotos de acessos à cidade fechados com manilhas:

As medidas de conter o avanço do Covid-19 não param em Itatiaia. Neste momento, a Prefeitura começa a cumprir o que foi…

Posted by Prefeitura de Itatiaia on Monday, March 23, 2020

Deixe um comentário

TTT
Leia também:

Coronavírus: como crer no número de casos dado pelo governo da 'gripezinha'?

Coronavírus: como crer no número de casos dado pelo governo da 'gripezinha'?