Recém lançado no Brasil, o livro “Uma breve história das mentiras fascistas”, do historiador argentino Federico Finchelstein, percorre as patranhas, fraudes, imposturas desde aquelas de Hitler e Mussolini até os mecanismos de disseminação de notícias falsas do trumpismo, escola que recrutou para suas fileiras o nematelminto (nematelMINTO!) Jair Bolsonaro.

Logo de cara, abrindo a introdução, Finchelstein recupera uma frase de Donald Trump dita em 2018, naturalmente para desqualificar a imprensa, que não poderia vir melhor a calhar, afinal, neste momento de… tem covid/toma aspirina, precisa de oxigênio/vai ter alta, estado delicado/passeio de carro para saudar neonazistas:

“O que vocês estão vendo e o que vocês estão lendo não é o que está acontecendo”.

Apoie a imprensa democrática

Camarada leitor, leitor camarada, é como se diz nas cações açucaradas: Come Ananás precisa de você para viver. Come Ananás conta com você que conta com Come Ananás – com a imprensa democrática em geral – para romper com o ronrom da mídia corporativa.

Deixe um comentário

Deixe um comentário