Em 2018, “em nome dos médicos brasileiros”, a Associação Médica Brasileira (AMB), que congrega cerca de 27 associações médicas e cerca de 55 especialidades, parabenizou Jair Bolsonaro pela vitória na eleição para presidente da República, porque ela “mostrou o anseio da nação por uma mudança que honre nosso País”, e disse, a AMB, que muitas promessas de campanha de Bolsonaro estavam “em consonância” com o que pensava, com o que pensa a entidade.

Leia trechos da carta aberta da AMB a Bolsonaro publicada no dia 30 de outubro de 2018:

“Em nome dos médicos brasileiros, a Associação Médica Brasileira (AMB) parabeniza Jair Messias Bolsonaro pela vitória nas eleições para a Presidência da República. O resultado do pleito mostrou o anseio da nação por uma mudança que honre nosso País, por democracia, por transparência e por alternância no poder”.

“O desafio agora é colocar em prática as promessas de campanha e viabilizá-las. Muitas delas estão em consonância com o que pensa e propõe a AMB há muito tempo”.

“Sabemos que reorganizar e reconstruir o que foi sucateado pelos governos anteriores não serão tarefas fáceis. Mas, tenha certeza de que poderá contar com os médicos brasileiros para isso. Conte com a Associação Médica Brasileira (AMB), com as 27 Federadas da AMB e com as 54 Sociedades de Especialidade que compõem o nosso sistema”.

“Foi confiada à Vossa Excelência a condução de nosso País a um novo patamar. Como cidadãos e como médicos, faremos a nossa parte para ajudar nesse sentido. Desejamos muita saúde e sucesso nesta caminhada. Boa sorte. Bom governo. O Brasil precisa disso”.

A íntegra da carta aberta da AMB ao então presidente eleito da República está aqui, para quem tiver saúde física e mental.