‘O autor é Deus’: o aterrador evento de fundação do partido Aliança pelo Brasil

‘O autor é Deus’: o aterrador evento de fundação do partido Aliança pelo Brasil

A 1ª convenção nacional do Aliança pelo Brasil, o “partido de pessoas fiéis a Jair Bolsonaro”, foi aberta na manhã desta quinta-feira, 21, aos gritos de “Ôo, o capitão chegou” e “mito! mito! mito”, enquanto Jair Bolsonaro, Flavio Bolsonaro, Jair Renan Bolsonaro e camarilha ocupavam lugares no palco.

Em seguida, foi feita a leitura do programa fundador da Aliança pelo Brasil, que nasce para “libertar o Brasil do jugo da mentira pela verdade cujo autor é Deus”, das “falsas promessas do globalismo”, em nome da “providência divina”.

A primeira base e princípio do Aliança para o Brasil, revelada no evento, é “o Respeito a Deus e à religião”. Da platéia, ecoaram gritos de “Glória a Deus”.

O “respeito à religião” foi imediatamente, digamos, “modulado”: “o cristianismo e suas várias vertentes e expressões”. Em seguida, a oradora escalada para ler o programa informou que “Deus é o garantidor do verdadeiro desenvolvimento humano” e que “a laicidade do Estado não revoga a história da formação de um povo”.

Constam ainda no programa do Aliança pelo Brasil o “respeito à memória, à identidade e à cultura do povo brasileiro”, que logo derivou em combate às “Ideologias nefastas que tanto mal causaram e ainda causam ao Brasil”, nomeadamente o “globalismo”, o socialismo e o comunismo.

Outro ponto do programa é a ênfase na “legítima defesa, da família e da infância” e no incentivo a portar armas “para sua defesa e a dos seus, bem como da propriedade e da liberdade”.

“O partido combaterá a ideologia de gênero, lutando para banir completamente essa chaga ideológica do nosso país. A Aliança pelo Brasil repudia o socialismo e o comunismo em todas as suas vertentes”, falou-se ainda.

A platéia explodiu no coro de “a nossa bandeira jamais será vermelha!”.

O fascismo não avança no Brasil. O fascismo, no Brasil, já se consolidou. Agora, com algo que tem cara, jeito e discurso de partido único.

  1. Gostei do último parágrafo. Expressou bem o que penso sobre o Brasil.
    Resta saber se já é hora da gente fazer as malas ou se esperamos mais um pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também:

Deputado que quebrou placa na Câmara apresenta charge 'alternativa'

Deputado que quebrou placa na Câmara apresenta charge 'alternativa'