O vírus errado encontrou o porco errado. Livrem-se rápido do porco

O vírus errado encontrou o porco errado. Livrem-se rápido do porco

Em uma cena do filme “Contágio” – este que, muito já disse, guarda incríveis semelhanças com o indicativo presente -, a doutora Erin Mears, personagem de Kate Winslet, resume assim a origem do vírus mortal da ficção: “em algum lugar do mundo, o porco errado encontrou o morcego errado”.

O que se sabe até agora, sobre o novo coronavírus, é que não tem porco em sua devastadora equação; só morcego.

Exceto no Brasil.

De modo que, ou este país se livra do porco, ou o filme “Contágio” vai parecer “As patricinhas de Beverly Hills”.

Deixe um comentário

bolsonaro-video-cura-covid-19
Leia também:

De bermuda e chinelo, Bolsonaro pode matar um milhão

De bermuda e chinelo, Bolsonaro pode matar um milhão