Brasil entregará Alcântara a suspeitos por explosão que matou 21 cientistas na base

Ainda anteontem, em meados de julho, o astronauta Marcos Pontes, ministro do desmonte científico, tecnológico e comunicacional do governo Bolsonaro, inaugurou uma placa fixada na porta do seu gabinete em Brasília em “homenagem” aos 21 cientistas brasileiros que morreram em 22 de agosto de 2003, quando o terceiro protótipo do Veículo Lançador de Satélites (VLS-1 v03), estrela do programa espacial brasileiro, explodiu sem motivo aparente no Centro de Lançamentos de Alcântara (CLA), no Maranhão, ora prestes a ser cedido aos EUA a toque de caixa.

Leia mais “Brasil entregará Alcântara a suspeitos por explosão que matou 21 cientistas na base”

Escolhido pelo ‘mito’, Aras queria livrar Brasil da ‘mitificação de pessoas públicas’

Não está cravado que o novo procurador-geral da República será um engavetador-geral de Jair Bolsonaro, como Geraldo Brindeiro foi o de FHC. Não é provável que Bolsonaro, criminoso notório, orgulhoso e impune, irá precisar de um. Mas, a essa altura, Augusto Aras deve estar escondendo algo de sua própria produção bem lá no fundo do cacifo, no estilo mesmo FHC: “esqueça o que escrevi”.

Leia mais “Escolhido pelo ‘mito’, Aras queria livrar Brasil da ‘mitificação de pessoas públicas’”

Allende, Bachelet e #BolsonaroMiserable nos trending topics do Chile

A guerra das hashtags da civilização contra as da barbárie – reflexo, ou melhor, nuance digital da guerra ideológica em curso no Brasil e no mundo – estourou no Chile depois que Jair Bolsonaro exaltou o assassinato do pai de Michelle Bachelet pela ditadura de Augusto Pinochet.

Leia mais “Allende, Bachelet e #BolsonaroMiserable nos trending topics do Chile”

Bolsonaro tentou apoio via Itamaraty a ‘Pinochet III’, expulso do exército por Michelle Bachelet

Neto de Augusto Pinochet, o capitão Augusto Pinochet Molina foi expulso do exército chileno em dezembro de 2006, logo após a morte do seu avô, por ter feito um discurso no enterro do seu avô sem autorização, louvando o golpe de 1973, a ditadura por por esse golpe instaurada e fazendo críticas aos poderes Executivo e Judiciário do Chile redemocratizado.

Leia mais “Bolsonaro tentou apoio via Itamaraty a ‘Pinochet III’, expulso do exército por Michelle Bachelet”

A última tentação de Deltan: ‘o meu destino era ser coach?’

Publicada nesta terça-feira, 3, pelo Intercept Brasil, a parte 19 da Vaza Jato mostrou que, além da atividade frenética e nada republicana no grupo “Filhos de Januário”, dos “encontros fortuitos” com Gebran Neto e Luiz Fux, da linha direta com Sergio “eu vejo, eu ouço” Moro e com Deus – o que pelo visto dá no mesmo -, além de tudo isso, dizíamos, Deltan “networking” Dallagnol mantinha um chat com… ele próprio, para falar consigo mesmo sobre atalhos “para o reinado”, no melhor estilo “espelho, espelho, meu, existe alguém mais ungido do que eu?”.

Leia mais “A última tentação de Deltan: ‘o meu destino era ser coach?’”