Não foi só Onyx: Bolsonaro também saudou reformas com sangue feitas no Chile por Pinochet

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, não foi o único integrante do alto escalão do governo brasileiro que saudou “as bases macroeconômicas” lançadas no Chile por Augusto Pinochet à base de “um banho de sangue” que “lavou as ruas” do país. O próprio Jair Bolsonaro, que está em visita oficial ao Chile, já fez rigorosamente o mesmo.

Leia mais “Não foi só Onyx: Bolsonaro também saudou reformas com sangue feitas no Chile por Pinochet”

Lava Jato: ‘a solução mais fácil era prender o Michel’

O ex-presidente Michel Temer foi preso no fim da manhã dessa quinta-feira, 21, em sua casa, em São Paulo, no âmbito da operação Lava Jato. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas, da justiça federal do Rio de Janeiro, e vem quase três meses após o fim do mandato de (“a solução mais fácil era botar o Michel”) Temer.

Leia mais “Lava Jato: ‘a solução mais fácil era prender o Michel’”

Trump exige, e Brasil deixará status que lhe deu vitória histórica contra EUA na OMC

O presidente dos EUA, Donald Trump, exigiu e Jair Bolsonaro obedeceu: o Brasil vai abrir mão do status de “país em desenvolvimento” que tem na Organização Mundial do Comércio (OMC), em troca do apoio da Casa Branca para o pedido brasileiro de ingresso na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), feito por Michel Temer em 2017.

Leia mais “Trump exige, e Brasil deixará status que lhe deu vitória histórica contra EUA na OMC”

Coletiva ‘conjunta’ no Salão Oval teve cinco perguntas para Trump e zero para Bolsonaro

Foram cinco perguntas para o presidente dos EUA, Donald Trump, e nenhuma para o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Esse foi o placar da entrevista coletiva “conjunta” de Trump e Bolsonaro, dada (na prática, só por Trump) no início da tarde dessa terça-feira, 19, no Salão Oval da Casa Branca.

Leia mais “Coletiva ‘conjunta’ no Salão Oval teve cinco perguntas para Trump e zero para Bolsonaro”

Jornais dos EUA não falam de Bolsonaro, nem de Boulsonarro, nem de Bolonsaro

Até a manhã dessa terça-feira, 19, nenhum dos grandes jornais estadunidenses havia dado qualquer destaque ao discurso de Jair Bolsonaro na Câmara de Comércio dos EUA, em Washington. O discurso foi feito no início da noite dessa segunda, 18. Nele, Bolsonaro disparou (verbalmente) contra o PT, disse, rindo-se, que não é homofóbico e não economizou loas à “América” e ao Estado de Israel.

Leia mais “Jornais dos EUA não falam de Bolsonaro, nem de Boulsonarro, nem de Bolonsaro”