Papa envia rosários a militares presos por crimes de lesa-humanidade

Papa envia rosários a militares presos por crimes de lesa-humanidade

Em entrevista ao jornal La Nación, de Buenos Aires, o bispo militar da Argentina, Santiago Olivera, revelou que o papa Francisco, que é argentino, enviou 50 rosários para serem distribuídos entre ex-membros das Forças Armadas do país condenados por crimes de lesa-humanidade, “para que continuem rezando”.

Olivera disse ao La Nación que ele o papa concordaram que “não são justiça” as prisões preventivas exageradas de muitos ex-militares de idade avançada acusados de crimes de lesa-humanidade durante a ditadura Argentina (1976-1983).

A relação de Jorge Mario Bergoglio, o Francisco, com a ditadura militar na Argentina é assunto pouco esclarecido. No filme “Dois Papas”, de Fernando Meirelles, Bergoglio se penitencia diante de seu antecessor, Ratzinger, porque poderia ter feito mais para evitar… crimes de lesa humanidade.

“Dois papas”…

Em 2018, Francisco enviou um terço a Lula na carceragem da Polícia Federal em Curitiba.

Deixe um comentário

wdol_mec_abr_0311191683
Leia também:

Concursos selecionam esquerdistas, tipo Moro, Dallagnol, Bretas e o Bope

Concursos selecionam esquerdistas, tipo Moro, Dallagnol, Bretas e o Bope