Foto: Nelson Jr./SCO/STF.

Pega fogo do Supremo Cabaré: Luiz “In Fux We Trust” levou uma invertida de Marco Aurélio Mello, para quem Fux “desacredita o STF”, “joga para a plateia”, ao aderir à “busca desenfreada por justiçamento”.

Refere-se, Marco Aurélio Mello, à derrubada, por Fux, de liminar garantista marcoaureliana de soltura um líder do PCC.

Vale lembrar: sobre manifestações pelo fechamento do Congresso Nacional e do próprio Supremo endossadas por Bolsonaro, Marco Aurélio Mello disse assim: “vamos dar um desconto”.

De modo que, independentemente de quaisquer considerações da hora, e antes que alguém se anime a eleger algum novo herói da legalidade, nunca é demais lembrar também que não há um único traseiro togado da atual composição do STF digno de integrar uma corte constitucional a sério.

Caso contrário, o Supremo Cabaré já teria pegado fogo há tempos. Pelo menos desde 2016, ano do golpe.

Apoie a imprensa democrática

Camarada leitor, leitor camarada, é como se diz nas cações açucaradas: Come Ananás precisa de você para viver. Come Ananás conta com você que conta com Come Ananás – com a imprensa democrática em geral – para romper com o ronrom da mídia corporativa.

Deixe um comentário

Deixe um comentário